Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \30\UTC 2010

Definidos os times que retornam à série A tanto no Brasileiro quanto no Paulista, vemos que o Palmeiras em 2011 enfrentará algumas equipes que há algum tempo não encontra – e uma que nunca teve pela frente. O IPE relembra o último encontro do Verdão com a turma que terá mais destaque no ano que vem. Você se lembra destes jogos, ou de outros contra eles?

 

CAMPEONATO PAULISTA

Linense – a última partida foi um amistoso que encerrou a temporada de 1965 (2×0 em Lins, Tupãzinho e Rinaldo). O último jogo oficial foi um 6×2 em 1957, ano em que o Elefante da Noroeste ficou na lanterna e se despediu da elite até o acesso de 2010.

Noroeste – este faz pouco tempo: num jogo adiado do início de fevereiro para o meio de março devido à pré-Libertadores de 2009, Keirrison fez os dois gols que deram a vitória ao Verdão no Palestra.

São Bernardo - será um encontro inédito. Em São Bernardo do Campo, o último jogo oficial do Palmeiras ocorreu ainda nos tempos de Palestra Itália. E foi um massacre: 11 a 2 sobre o Corinthians local pelo Paulista de 1927, com cinco gols de Heitor. É a segunda maior goleada da história do clube em jogos oficiais. Vale dizer que, como o Palmeiras terá o mando no jogo do ano que vem, o clube não terá a honra de jogar no tradicional Estádio 1º de Maio.

Guaratinguetá – o Guará, ou “Americana”, como o time já é oficialmente chamado no site da Federação Paulista, é um dos dois únicos times do interior com vantagem no confronto direto – o outro é o Rio Claro (não por coincidência, são times que só enfrentaram o Palmeiras nos últimos anos). A última partida ocorreu no Paulista de 2009, no Dario Rodrigues Leite, e terminou em empate por 1 a 1 – Diego Souza fez o gol do Palestra.

Em 2011, pela primeira vez pegamos o São Bernardo

 

CAMPEONATO BRASILEIRO

Coritiba – na primeira rodada do returno de 2009, o Coxa bateu o Palmeiras no Couto Pereira, com um gol de pênalti de Marcelinho Paraíba já nos descontos

Figueirense – em 2008, um chocho empate por 0 a 0 no Orlando Scarpelli tirou o Palmeiras da liderança do Brasileiro, que o clube ocupou por apenas 10 dias.

Bahia – há oito anos não encontramos o Tricolor de Aço (apelido que o Fortaleza também possui). E foi um jogo decisivo na caminhada do Palmeiras rumo ao descenso: em pleno Palestra Itália, Bahia 2 a 1 (Alexandre; Gil Baiano e Geraldo, o mesmo que está no Ceará hoje).

América-MG – o último encontro foi pela Série B, em 2003. E um Palmeiras em ascenção atropelou os mineiros no Independência: 3 a 0, gols de Alceu, Daniel e Anselmo.

Veremos novamente o filho do vento?

Read Full Post »

Vice no sub-20

O Palmeiras precisava vencer a Portuguesa em Araras para conquistar o bicampeonato da categoria, mas acabou novamente derrotado por 2 a 1 (já o fora na ida por 1 a 0) e, apesar da melhor campanha ao longo do torneio, ficou com o vice-campeonato.

Dos jogadores da equipe, poucos efetivamente estouram a idade-limite para a competição (especialmente Gualberto e Patrick), o que significa que o elenco pode continuar evoluindo na base, sem necessariamente ser absorvido pelo profissional, ser dispensado ou seguir para o time B, embora este último tenha sido o destino “natural”, ainda que não ideal, dos jovens atletas do clube.

Miguel terminou o certame na vice-artilharia, com 12 gols. O segundo palmeirense que mais marcou (8 g0ls) foi Jean Carlos Vicente (este Jean que tem recebido algumas chances no time de cima nesta reta final).

O elenco agora tem uma pequena dispensa antes do período de treinamentos para a Copa SP. Apenas Gabriel Silva, já incorporado aos profissionais, foi relacionado para o Sul-Americano sub-20.

Read Full Post »

Palmeiras 1 x 2 Fluminense

Na penúltima etapa de seu calvário em 2010, um Palmeiras desinteressado até saiu na frente, mas mesmo com as espetaculares defesas de Deola acabou tomando a virada.

O leitor há de nos desculpar, mas nosso propósito é comentar e informar sobre jogos que realmente valham; para o Palmeiras, a temporada já se foi, por isso deixamos esse texto apenas como registro da partida. De toda forma, se você achou a derrota conveniente, ou preferia que o Alviverde tivesse vencido mesmo ao custo de ajudar o arquirrival, comente aqui.

Palmeiras 1 x 2 Fluminense

Local: Arena Barueri, em Barueri-SP
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio-DF
Assistentes: Marrubson Melo Freitas-DF e César Augusto de Oliveira-DF
Público: 11.291 pagantes
Renda: R$ 383.396,00
Cartões amarelos: Pierre e Luan (Palmeiras); Tartá (Fluminense)
Gols: Dinei 4’/1T (Palmeiras); Carlinhos 18’/1T e Tartá 13’/2T (Fluminense)

Palmeiras
Deola; Márcio Araújo, Maurício Ramos, Leandro Amaro e Gabriel Silva; Pierre, Marcos Assunção (Fernando), Tinga e Luan (Lenny); Kleber e Dinei (Vinícius).
Técnico: Luís Felipe Scolari.

Fluminense
Ricardo Berna; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Valencia, Diguinho, Deco (Tartá) e Conca; Emerson (Rodriguinho) e Fred.
Técnico: Muricy Ramalho.

Read Full Post »

Um elenco destroçado, uma torcida desiludida e que quer que o time perca. É nesse clima funesto que o Palmeiras recebe o clube das Laranjeiras domingo, na Arena Barueri. Ainda que sem motivos formais para colocar os suplentes em campo, provavelmente será esta a opção de Felipão. Eis o boletim mais desanimado do ano - que possivelmente será superado apenas pelo próximo.

Horário e local: Domingo, 28/11, às 17:00, na Arena Barueri. É a primeira vez que as equipes se enfrentam no local.

Árbitro: será Wilton Sampaio (DF). Histórico:

2010 – 0 x 3 Atlético-GO (f), 2 x o Atlético-PR (c), 0 x 0 Vasco (f)

2009 – 2 x 1 Inter (c)

Desfalques: Valdivia e Marcos, lesionados; Patrik, Fabrício e Gualberto, suspensos. 

Palpite IPE: Bruno; Vítor, Mayko, Leandro Amaro, Luís Felipe; Pierre, Fernando, Rivaldo, Jean; Ewerthon, Dinei.

Destaques/Fluminense: depois de uma longa contusão, Emerson deve retornar à equipe, que tem uma pequena possibilidade de se sagrar campeã neste domingo, caso vença e conte com derrota do Corinthians e empate ou derrota do Cruzeiro.

Última vitória em SP: no último encontro no Estado, pelo turno do BR-2009, 1 a 0 (Diego Souza) na estreia de Muricy Ramalho no comando verde.

Última derrota em SP: faz algum tempo, mas foi doída – 6 a 2 pelo BR-2001 (Muñoz, Pedrinho; Roger 2, Sidney, Magno Alves 2, Roni). É a segunda maior derrota da história do Palmeiras no Palestra Itália.

Histórico: entre os grandes clubes brasileiros, nenhum tem tanta vantagem no confronto contra o Fluminense quanto o Palmeiras.

GERAL   CAMPEONATO BRASILEIRO
J V E D GP GC   J V E D GP GC
91 51 15 25 165 131   35 20 8 7 59 42

O IPE se lembra: na última rodada do Brasileiro de 2005, os dois times duelaram pela última vaga na Libertadores. Empate classificaria o Flu, mas de virada o Palmeiras fez 3 a 2 num jogo eletrizante, decidido com um gol de falta de Correa.

Read Full Post »

Palmeiras 1 x 2 Goiás

Por Álvaro.

Com um enredo que já se torna velho conhecido da torcida do Palmeiras, mais uma chance de título perdida de forma dramática e inacreditável.

O Palmeiras começou pressionando e chegou a abrir 1×0 com Luan, mas num passe errado de Kléber no meio-campo o Goiás conseguiu uma falta mal marcada por Héber Roberto Lopes e chegou ao gol depois de um bate-rebate na área, com direito a gol contra de Tinga e tudo. 1×1 e fim de primeiro tempo.

Querendo só segurar e irreconhecível no segundo tempo, o Palmeiras acabou por tomar a virada, 2×1 – num cruzamento de Marcão, ajeitado por Rafel Moura e concluído de cabeça por Ernando. Fim de jogo, fim do sonho do título e mais que tudo, fim do ano (mais um perdido) para o Palmeiras.

Vou me permitir uma declaração pessoal, que poderia ser dita por qualquer um dos 38.000 presentes no Pacaembu ou pelos outros milhões de torcedores que não estiveram presentes no vexame de hoje: a torcida do Palmeiras não merece essa mediocridade, ano após ano, não muda absolutamente nada.

Read Full Post »

Decisão do sub-20

Desfalcado pelos jogadores chamados por Felipão para compor elenco no jogo contra o Atlético-MG, a equipe do sub-20 saiu derrotada por 1 a o pela Portuguesa na primeira partida da decisão, na casa do adversário. Os alviverdes reclamaram que a bola teria saído pela linha de fundo no gol, logo aos seis minutos, mas o placar foi esse mesmo.

O jogo de volta é sábado às 19:00 em Araras, com transmissão pela Rede Vida. Vitória por qualquer placar dá o bicampeonato ao Palmeiras. Boa sorte aos rapazes.

Read Full Post »

Copa SP de Juniores 2011

Gabriel Silva foi o destaque de 2010

A Federação Paulista de Futebol divulgou há pouco os grupos e sedes da próxima edição da Copinha (é, aquela que todo ano você lê que “o Palmeiras é o único grande paulista que não conquistou”. Em 2010 ao menos a participação foi bastante boa, com uma derrota nos pênaltis na semifinal).

Este ano o torneio bate novo recorde de gigantismo – serão 92 equipes em 23 grupos. Passam à fase seguinte, portanto, os líderes e os nove melhores segundos colocados. Poderão atuar jogadores nascidos entre 1992 e 1995.

O Verdão está no grupo P, com sede em Jaguariúna. Enfrentará na primeira fase Bandeirante (DF), Mirassol e Ceará; passando, enfrenta o segundo melhor segundo colocado. Avançando mais uma etapa, o adversário seguinte pode ser o tradicional Internacional.

O IPE pergunta: será que agora vai?

Read Full Post »

Valdir de Moraes, 79

 

Entre os 10 que mais atuaram

Nesta terça-feira o ex-goleiro Valdir Joaquim de Moraes completa 79 anos. Revelado pelo Renner, extinto clube de sua cidade natal, o porto-alegrense vestiu por onze anos a camisa do alvirrubro, pelo qual conquistou o Estadual de 1954, grande glória da equipe.

Sua agilidade e elasticidade compensavam os 1,75m de altura, mas não era só – ele também era excelente nas saídas de gol e na reposição de bola. Esses atributos chamaram a atenção do Palmeiras, que o contratou em 1958. Valdir estreou num amistoso em Itu (7×1 Ituano, 28/9/58), mas sua primeira partida oficial foi logo num dérbi, e não um dérbi qualquer: a vitória por 2 a 1 (5/11/58) encerrou um jejum de vitórias pelo Campeonato Paulista que durava desde 1951 (vale dizer que o Verdão obteve 4 vitórias por outros torneios nesse meio-tempo).

Pouco depois, Valdir obteria em definitivo o posto de titular da equipe, que ostentou durante uma década. Foram 482 jogos (290V/97E/95), que conferem a ele o posto de 10º jogador que mais atuou pelo clube. Os títulos conquistados com a Academia foram muitos: um Robertão, duas Taças Brasil, um Rio-São Paulo e três Paulistas.

Sua despedida dos gramados se deu em Montevidéu, na final da Libertadores de 1968 (0×2 Estudiantes, 16/5). Ele continuaria no clube, então como preparador de goleiros – após sua saída da meta, Maidana, Chicão e Perez se revezaram, até o jovem Leão assumir a camisa 1 no ano seguinte. Também ocupou, geralmente de modo interino, o cargo de treinador do clube em cinco ocasiões entre 1973 e 1980 (28J, 11V/8E/9D). Esteve no clube também no período mais prolífico dos anos 90; saiu no fim da década passada, mas voltou em 2008 e desde então ocupa o cargo de auxiliar técnico.

Poucos profissionais podem dizer que tiveram uma trajetória em um clube que, entre idas e vindas, já dura mais de cinquenta anos. Valdir de Moraes certamente é uma das pessoas que mais profundamente conhece o Palmeiras, e deixamos aqui nossa homenagem a ele.

Read Full Post »

Trazendo de Goiânia a vantagem de 1×0 construída no jogo de ida com o foguete de Marcos Assunção, o Palmeiras vai à campo tentando alcançar sua primeira final sul-americana em 10 anos. Eis as informações da decisão:

Horário e local: Quarta-feira, 24/11, às 21:50, no Estádio do Pacaembu.

Árbitro: o apito ficará por conta de Heber Roberto Lopes. Seu histórico recente mostra equilíbrio, com 6V / 3E / 5D:

2010 – 2×0 Atl-MG (casa – SA); 3×0 Vitória (casa – SA); 0×1 Corinthians; 1×0 Prudente (fora); 2×3 Cruzeiro (casa);

2009 – 2×1 Vitória (casa); 0×0 São Paulo (fora); 2×2 Corinthians (casa); 0×2 Grêmio (fora).

2008 – 5×2 Cruzeiro (casa); 1×1 Figueirense (casa); 1×0 Cruzeiro (fora); 0×1 Grêmio (casa); 0×1 Botafogo (casa).

Desfalques: Valdivia e Marcos lesionados.

Palpite IPE: a escalação não terá surpresas, sendo a mesma que venceu o jogo de ida com Deola; M. Araújo, Danilo, M. Ramos e Gabriel Silva; Edinho, M. Assunção, Tinga e Lincoln; Luan e Kléber.

Destaques/Goiás: Já rebaixado no campeonato brasileiro, o Goiás vem com força máxima para o confronto e aposta todas as fichas neste jogo par salvar o ano.

Último confronto no local do jogo: é a primeira vez na história que Palmeiras e Goiás se enfrentam no Pacaembu.

Última vitória em SP: foi pelo returno do BR-2010 – 3×2 – com gols de Tinga, M. Araújo e Dinei.

Última derrota em SP: foi um 3×1, pela rodada 32 do Brasileiro-2006.

Histórico: o Palmeiras tem ampla vantagem nos confrontos.

GERAL EM MATA-MATA
J V E D GP GC J V E D GP GC
43 24 9 10 64 47 3 1 2 0 3 2

O IPE se lembra: Copa do Brasil 2004, após 2 empates em 1×1, a vaga foi decidida nos penaltis e o Palmeiras avançou. Deixem suas memórias desse e de outros confrontos contra os goianos nos comentários!

Read Full Post »

Palmeiras 0 x 2 Atlético-MG

Acaba, campeonato...

Em mais uma partida que serviu para testar jogadores – a estreia do dia foi o volante Fernando – o Palmeiras pela primeira vez no campeonato emendou derrotas consecutivas.

Por circunstâncias diversas, ninguém da equipe do IPE pôde assistir ao jogo. Se você viu, a caixa de comentários é sua!

Palmeiras 0 x 2 Atlético-MG

Local: Arena Fonte Luminosa, Araraquara-SP
Árbitro: Márcio Chagas da Silva-RS
Auxiliares: Roberto Braatz-PR (Fifa) e José Antônio Chaves Franco-RS
Cartões amarelos: Vitor, Fabrício e Patrick (Palmeiras); Lima, Zé Luis e Neto Berola (Atlético-MG). Cartão vermelho: Gualberto

Gols: Diego Souza, aos 30’/1T e Neto Berola, aos 33’/2T (Atlético-MG)

Palmeiras
Bruno; Gualberto, Leandro Amaro, Fabrício; Vitor, Pierre, Fernando (Jean), Patrick e Rivaldo (Luis Felipe); Dinei e Ewerthon (Vinicius)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Atlético-MG
Renan Ribeiro; Rafael Cruz, Werley, Lima e Leandro; Zé Luís, Serginho, Renan Oliveira e Diego Souza (Ricardinho); Diego Tardelli (Neto Berola) e Obina.
Técnico: Dorival Júnior

Read Full Post »

Older Posts »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 41 outros seguidores